Mochila Radical

Fernando de Noronha reabre apenas para visitantes que já tiveram covid-19

O arquipélago de Fernando de Noronha ficou fechado para turismo por 5 meses por conta da pandemia de ocvid-19. (Foto: reprodução).

O arquipélago de Fernando de Noronha ficou fechado para turismo por 5 meses por conta da pandemia de ocvid-19. (Foto: reprodução).

O arquipélago de Fernando de Noronha  reabrirá para visitações em setembro, após 5 meses fechado para turismo por conta da pandemia de Covid-19.

Nesta quinta-feira (27), após análise de medidas mais rígidas de segurança no enfrentamento da Covid-19, o Governo de Pernambuco anunciou a reabertura gradual do turismo na ilha  a partir de 1º de setembro. Porém, apenas pessoas que já tiveram diagnóstico positivo para covid-19 vão poder desembarcar em Fernando de Noronha.

> Retomada do turismo: Jericoacoara reabre para visitação 

 

> Tetracampeão Carlos Mário “Bebê se torna embaixador de kite trip

Para o visitante poder viajar para Fernando de Noronha, será preciso anexar o resultado do exame confirmando que o mesmo já teve a doença durante o processo online de pagamento da Taxa de Preservação Ambiental (TPA). 

A TPA precisa ser paga até 72 horas antes da viagem.

Consulte a tabela com os valores diários da Taxa de Preservação Ambiental:

O Governo de Pernambuco informou que os chamados testes rápidos (os que podem dar o chamado “falso negativo”) não serão aceitos. Os únicos exames que serão aceitos serão: O IgG positivo (sorológico) e o RT-PCR positivo (exame feito com cotonete nas vias nasais e na garganta), com mais de 20 dias da data do embarque.

> Barracas de praia voltam a funcionar em Fortaleza

O governo também autorizou, mediante a aplicação dos novos protocolos de higienização, a retomada do comércio de praia e a reabertura dos museus e espaços de exposições, a partir da próxima segunda-feira (31/08). 

Medidas de segurança

Turismo seguro – Confira as orientações ao viajar de avião:

SE PREPARANDO PARA VIAJAR: 
– Uso de máscara no aeroporto
– Uso de máscara durante toda a viagem no avião
– Faca Check-in pela internet
– Álcool em gel:
Na bagagem de mão é limitado a não mais do que 500 ml e com o fechamento em perfeito estado para prevenir a liberação do conteúdo. No caso de voos internacionais, os frascos de álcool em gel devem ser de plástico transparente e com capacidade máxima de 100ml.
– Higienização das mãos:
Além do uso do álcool em gel, lavar as mãos com água e sabão, sempre que possível, é um hábito muito importante.

> LEIA MAIS: Turismo seguro: medidas de segurança em viagens aéreas

Não há evidências de imunidade contra Covid-19

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), foram registrados, apesar de raros, casos de reinfecção de covid-19. Portanto, ainda não há evidências de que pessoas recuperadas do coronavírus sejam imunes à doença, por isso, tenha cautela e mantenha todos os cuidados ao viajar.

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *